top of page
Buscar

O Perfume dos Andes



Somos vida, não pensamentos nem convenções históricas, somos Vida, consciência poética sem ideias. Não se pode ensinar o despertar, mas tu podes aprender.


A chave para vivenciar a totalidade da vida agora está na atenção plena persistente. Esta atenção desperta, sem pensamento nem atadura a emoções condicionadas, nos leva a um amor oceânico, que não é emocional nem pessoal, é incondicional e profundo, a Vida é Amor. Amor em liberdade. A liberdade a experimentas quando deixas de defender este eu que se vitimiza, se identifica com enfermidades, com histórias, com juízos, com opiniões ou ideias, o ego geográfico.


Sente esta possibilidade: Amar sem pensar, sem expectativas nem possessividade, amar pelo único feito de amar, como florescer, como nascer da mamãe, como respirar, assim nós vivemos a vida como é. Neste maravilhoso mistério.


Este breve escrito está destinado a ti, tu chegaste até aqui, ao perfume dos Andes, para despertar para a Vida Divina, para o Amor de Pachamama por todas suas emanações, e transcenderemos juntos este apego ao pensamento dualista.


Deixa que essas palavras, como sementes, penetrem nas profundas possibilidades que te rodeiam. A vida segue sendo um dom, não te acostumes a ela com a mente, segue sendo um dom santo, sagrado. Não te habitues a receber um dia. A vida é uma festa, um passeio maravilhoso, vem, toma nossa mão andina e alcemos voo juntos.

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page