top of page
Buscar

El Amor solo ama al amor

El momento en que escuché mi primera historia de amor, empecé a buscarte, sin saber la ceguera que conllevaba. Los amantes al final no se encuentran en algún lugar. Están el uno en el otro en todo momento.

RUMI





É tão divertido! Trata-se de deixar ir, abandonar o vício de julgar e permitir ENAMORAR-SE, assim no jogo da devoção fluimos como um riacho de montanha, puro e claro, cantando o Amor divino e aliviados nos deixamos ir, rendidos ao ato de ENAMORAR…


O amor emocional ou romântico e o Amor Divino são diferentes, um é ilusório e impermanente, o outro não tem sombras, é consciente e expansivo, é incondicional.

No enamoramento devoto, te transformas em Amor, não amas a alguém, não há separação, amas o amor que tu és.


A mente se esvazia para que a Alma ame o Amor, que é o que chamamos de Infinito. Quando amamos outra pessoa assim, não amamos a pessoa, mas a manifestação divina ou fluxo divino nela, amas o amor, então a pessoa desaparece em outra forma de Amor.

Na Mística Andina aprendemos a amar e ser amados em liberdade... o amor está esperando para se manifestar em sua plenitude, hoje não percas… somos um no Amor...


Ram hi kewal prima piyara

Jnani leo ja ja nani hará

O amor só ama o amor

Quem sabe isso pode conhecer.

Do Ramayana de Tulsi Das

Posts Relacionados

Ver tudo

Kommentare


bottom of page