top of page
Buscar

Amanhã: “Abença”, primeiro EP de Alana Dédalos no ar




Profundo, sensível e dançante, “Abença”, primeiro EP de Alana Dédalos, estará disponível em todas as plataformas digitais à meia-noite do dia 05 de maio de 2023.


A cantora e compositora curitibana, prêmio Aposta FIMS 2020, traz no seu EP "Abença" cinco faixas autorais, que se destacam no cenário da nova MPB por integrar um movimento estético de resistência e exaltação Latino-Americana.“Abença" mescla a força dançante da cultura popular e originária nos tambores, charango e rabeca com a potência dos beats, sintetizadores e muitas camadas de vozes. As letras, em português, espanhol e guarani, incitam transformação social, espiritual e ambiental, e cutucam feridas sobre nossas hipocrisias, afetos LGBT+, a (des)conexão com nós mesmos e a exploração e opressão da natureza e dos povos.Com +1,4MI views no YT, ações internacionais pela preservação ambiental na ONU, e uma longa trajetória semeando a expansão da Consciência Pachamama e do Bem-Viver, a cantora encanta também pelo timbre sutil e envolvente de sua voz e a destreza como instrumentista.


O EP conta com a esperada “Filhos do Sol", feats com François Muleka, Ju Kerexu e Ricardo Wera, e visualizers de todas as faixas. A cantora também avisa aos fãs que vai ter clipe surpresa! A data de lançamento do videoclipe será anunciada em suas redes sociais após o lançamento do EP.



Alana contou para o jornal Brasil de Fato (acima) um pouco mais sobre sua trajetória e seu trabalho, confira abaixo um trecho da entrevista:“Toco, canto e componho desde pequena. Aprendi porque meu pai, tocador, largava o violão, e logo eu pegava escondido e tentava imitar o que ele fazia. Um dia começou a dar certo e encontrei na música o refúgio solitário pra algo que eu gosto de chamar de “dor”. Não no sentido vitimista da dor, mas sim poético, sobretudo aquilo que nos desacomoda, porque nos importa… então acho que sou uma compositora dessas coisas que às vezes são simplesmente ausências… e também acho que gosto de expressar, quando eu canto, a boniteza de se deixar afetar fundo, por tudo, ou quase tudo.Eu sinto que a música brota na gente como uma necessidade inevitável de expressão… mas no meio do caminho, entre o que você sentiu e como aquilo vai ser entregue às pessoas, hoje existe muito forte um pensar nesse fazer artístico, pensar a sonoridade pra que ela se encaixe no que é mais fácil e rápido pro público processar e gostar… e às vezes por aí se perde a alma da tua música.Então eu sinto que a gente precisa se meter dentro da alma daquilo que a gente quer expressar… e dentro da alma daqueles você vai representar também com a tua obra. E por isso integrar o charango (instrumento andino) nesse álbum, que é o meu primeiro, era um desejo muito grande meu. Ele foi um elemento essencial no arranjo de algumas canções. E com todo o respeito e reverência, eu queria fazer com que essa voz campesina pudesse chegar na gente… pra que ela nos ajude a nos reconhecer como parte desse território latino-americano e originário, comungando desse tipo de linguagem, e aprendendo e descobrindo de que matéria somos feitos por termos nascido aqui. E qual nossa responsabilidade, cada um no seu lugar de fala, como parte desse continente dentro do momento histórico mundial que nos tocou viver.”


Para fazer o pré-save do álbum “Abença” de Alana Dédalos clique no link abaixo:https://musicpro.live/s/1963627288284?fbclid=PAAabTz8cRFg-EFmLp94rXAgQBfoujr5aOHYSr5mj-Ha9AnJzs0X66WAB4PRU


Acompanhe a cantora em suas redes sociais:https://www.instagram.com/alanadedalos/


FICHA TÉCNICA:CAPAFoto: Carolina Bassani @carolpbassani

Design Gráfico: Ju Sting @justing.illus @ju.sting




Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page